Democratas Democratas realizará Convenção Nacional para tratar sobre criação de novo partido - Democratas

Democratas realizará Convenção Nacional para tratar sobre criação de novo partido

22 setembro 2021

Compartilhe

Na noite desta terça-feira (21), a Executiva Nacional do Democratas decidiu, por 41 votos favoráveis e zero contrários – a unanimidade dos presentes -, convocar uma Convenção Nacional para tratar sobre a possível fusão entre os partidos Democratas e Partido Social Liberal (PSL).

Na oportunidade, os convencionais vão deliberar sobre o tema e confirmar, em nova votação, se concordam com a criação de um novo partido no Brasil. O encontro está previsto para acontecer entre os dias 5 e 20 de outubro.

“Esse foi o primeiro passo na direção de formalizar o processo de criação do novo partido do Brasil, cuja base fundamental está na fusão do Democratas com o PSL”, destacou o presidente nacional do Democratas, ACM Neto, em coletiva de imprensa concedida após a reunião.

ACM Neto ressaltou a importância do apoio unânime das lideranças presentes. Para ele, o resultado final “foi marcante”.

“Hoje aconteceu algo que é muito difícil de se construir em um partido do tamanho do DEM. Uma aprovação unânime, com a garantia da participação de todas as principais lideranças do partido, em conjunto. O resultado final foi marcante“, disse.

O presidente nacional do DEM explicou ainda que caso a fusão seja aprovada pelas Convenções de ambas as siglas, o novo partido nasce com o objetivo de ter papel decisivo nas eleições do próximo ano. Inclusive no processo de sucessão presidencial.

“Entendemos que esse partido vai surgir como uma importante agremiação na construção do projeto 2022. O objetivo é construir o maior partido do Brasil, com papel extremamente relevante nos cenários políticos nacional, estadual e local”, contou ACM Neto.

E acrescentou: “Em alguns estados nós estamos buscando novas lideranças políticas, novos quadros partidários que vão poder ingressar de agora, até março. Mas tudo no devido momento. Não vamos tratar de 2022 antes do processo de fusão estar completamente definido”.

Em caso de aprovação por ambas as Executivas – DEM e PSL, o registro do novo partido será encaminhado ao Tribunal Superior Eleitoral ainda no início de outubro. O processo de análise sobre a criação da legenda leva, em média, três meses.

 

| Fotos: Sidney Lins – Liderança do Democratas no Senado

Segue a gente pra ficar dentro de tudo que importa em política

Voltar

Receba nossas novidades por email