Democratas Gean Loureiro é eleito presidente do Consórcio Conectar - Democratas

Gean Loureiro é eleito presidente do Consórcio Conectar

30 março 2021

Compartilhe

O prefeito de Florianópolis, Gean Loureiro (DEM), foi eleito presidente do Consórcio Nacional de Vacinas das Cidades Brasileiras (Conectar). A iniciativa do grupo, que conta com o apoio de 2,6 mil municípios brasileiros – sendo 25 capitais, tem o objetivo de acelerar o processo de aquisição de doses de vacinas, medicamentos e insumos contra a Covid-19.

Durante a cerimônia de posse, realizada na manhã desta terça-feira (30), Loureiro destacou que as ações do Conectar, iniciativa liderada pela Frente Nacional de Prefeitos (FNP), pode beneficiar mais de 156 milhões de pessoas em todo o país.

“Somos mais de 150 milhões de pessoas representadas e com um objetivo em comum: acelerar a vacinação no Brasil”, destacou o presidente do Conectar.

“E mais do que isso: buscar compras coletivas de medicamentos, barateando preços, e discutir o pós, pandemia: as sequelas que virão para a saúde pública. O tamanho deste consórcio é enorme, igualmente nossa responsabilidade e seriedade no trato deste tema. Sem vender ilusões, sem criar falsas expectativas, com foco em apoiar as cidades em cada canto do Brasil, que é onde as pessoas são vacinadas e cuidadas”, acrescentou o prefeito de Florianópolis, Gean Loureiro, durante manifestação no evento de posse.

À Rádio Senado, o presidente da Casa, senador Rodrigo Pacheco (DEM-MG), enfatizou a importância da união de forças no combate à pandemia causada pelo coronavírus.

“Essa soma de esforços, essa união de entes federados, de personagens da política é que farão esse enfrentamento à pandemia ser eficiente. Parabéns aos prefeitos e vamos à luta contra esse vírus que tem gerado tanta tristeza no Brasil”, disse.

Proposta Inédita

A iniciativa é uma proposta inédita no país, e começou a ser desenhada ainda em fevereiro. Quando o Supremo Tribunal Federal (STF) autorizou a compra de vacinas contra a Covid-19 por estados e municípios.

Além da aquisição, o consórcio também tem a prerrogativa de receber doações de materiais, vacinas e medicamentos que possam ser utilizados no combate ao coronavírus nas unidades de saúde do país. Em seu Twitter, o prefeito Gean Loureiro, eleito presidente do Conectar, ressaltou que uma das primeiras ações do consórcio foi se reunir com a Embaixada dos Estados Unidos em Brasília.

“Soubemos de doses da Astrazeneca paradas aguardando aprovação lá. Próximas a caducar, as doses estariam sendo enviadas para Canadá e México. Apesar de não sermos fronteira, destacamos à embaixada nossa intenção de também estar nesse grupo a receber essas doses. Até mesmo a título de empréstimo para acelerarmos vacinação neste momento, com surgimento de nova cepa. No 2º semestre, Brasil estaria com capacidade ampliada”, escreveu.

A partir de agora, o grupo terá acesso a toda a documentação oficial para que as instituições interessadas possam fazer as doações.

Voltar

Receba nossas novidades por email