Democratas Gestão DEM: Curitiba é destaque no enfrentamento dos desafios da pandemia - Democratas

Gestão DEM: Curitiba é destaque no enfrentamento dos desafios da pandemia

17 março 2021

Compartilhe

Curitiba é apontada como a cidade que conta com um dos sistemas de inovação mais promissores do Brasil aplicado como ferramenta no combate à pandemia do novo coronavírus. O destaque à capital paranaense foi dado, nesta terça-feira (16/3), pela Gerente Geral do BID LAB, Irene Arias, na Reunião de Prefeitos do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID).

Irene foi moderadora do painel “A cidade como Laboratório de Inovação: potencializando soluções para enfrentar os desafios da pandemia”, que contou com a participação do prefeito Rafael Greca. “Curitiba é um grande modelo. São incríveis os avanços da cidade. Por isso o motivo de o fórum de 2020 ter apontado Curitiba como o polo de inovação mais promissor do Brasil”, disse Irene Arias.

Transmitido a partir da cidade colombiana de Barranquilla, o evento virtual reúne, desde segunda-feira (15/3), mais de 80 prefeitos das principais cidades da América Latina e do Caribe com foco na recuperação inclusiva e sustentável das cidades.

Convidado do BID para o painel “A cidade como Laboratório de Inovação: potencializando soluções para enfrentar os desafios da pandemia”, Greca foi acompanhado na reunião, pela prefeita de Montevidéu, Carolina Cosse e o prefeito de Lima, Jorge Vicente Martín Muñoz Wells. A prefeita da municipalidade de Providência (uma das 32 comunas de Santiago, capital do Chile), Evelyn Matthei Fornet, foi representada no evento pelo diretor de Desenvolvimento local da cidade de Providência, Patricio Ovalle. “O vírus é pedagógico. Coloca todos os homens e mulheres em condição de igualdade, humilhados por sua vulnerabilidade. Este é o momento de vermos que a inovação só é válida quando se transforma em processo social”, afirmou Greca durante a sua abordagem.

O prefeito de Curitiba ressaltou que a pandemia trouxe grande impacto no aumento da informalidade, com o desemprego em áreas sensíveis. Para fazer frente à realidade imposta pela covid-19, já em agosto do ano passado, a Prefeitura lançou o Programa de Retomada Econômica Pós-Pandemia.

Greca elencou ainda uma série de medidas colocadas em prática pela Prefeitura de Curitiba, entre elas de ampliação dos serviços públicos on-line, o fundo de aval garantidor, a postergação do pagamento de impostos e a simplificação de serviços para pequenas atividades comerciais, entre outras. E ainda, como iniciativa da esfera pública, a oferta de aulas remotas pela internet e televisão aberta pela educação municipal e a ampliação dos serviços por aplicativos de saúde, a tele-consulta e o uso da inteligência artificial na atenção à pandemia, com o suporte do Robô Laura.

Inovação como ferramenta

O prefeito curitibano destacou que a inovação é ferramenta da cidade para a retomada econômica e social no pós-pandemia. No contexto macro desta área ele apontou o Vale do Pinhão como o hub de promoção do Ecossistema de Inovação curitibano, que deu suporte ao lançamento de “unicórnios” como a plataforma de pagamentos Ebanx e o Madeira-Madeira, de produtos para a casa, além de inciativas pontuais como os Fablabs públicos pelos quais foram produzidos de 10 mil protetores faciais impressos em 3D.

A cultura de eventos por drive-thru, disseminada em Curitiba, também faz parte do contexto de soluções da cidade para superar o cenário de crise. “Também criamos a cultura do drive-thru, implantado no Natal, em que as pessoas puderam assistir aos espetáculos em segurança, sem sair dos veículos”, lembrou o prefeito.

Para Greca, a própria cidade é a plataforma para a inovação. “As pessoas vivem nas cidades, não nos governos. O ente mais próximo do cidadão é a Prefeitura. É na porta do prefeito que o habitante bate ao primeiro sinal de dificuldade. E é tarefa de quem assumiu a gestão pública dar respostas às demandas dos cidadãos”, frisou.

O prefeito Rafael Greca foi acompanhado em sua apresentação, pelo diretor da Assessoria de Relações Internacionais (Arin), Rodolpho Zannin Feijó, e pela Diretora de Informações do Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Curitiba (Ippuc), Liana Vallicelli.

Recuperação inclusiva

A recuperação inclusiva e sustentável das cidades foi o tema geral da reunião de prefeitos do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID). Neste cenário, como investimentos no desenvolvimento urbano, Greca destacou a implantação de ciclovias e melhoria de calçadas para a promoção de deslocamentos não motorizados e sem aglomeração. E ainda o desenvolvimento de propostas e projetos para favorecer o distanciamento de pessoas nas áreas comerciais da cidade, a implantação de hortas urbanas e a incorporação de novas tecnologias para o transporte público em projetos estruturantes já contratados.

O encontro do BID tem o objetivo de apoiar o intercâmbio de experiências e boas práticas entre os prefeitos da América Latina e do Caribe com foco no papel fundamental das cidades na recuperação pós-pandemia. A agenda incluiu tópicos como produtividade e crescimento econômico, iniciativas para a reinserção no trabalho com perspectiva de gênero, recuperação verde, assim como o apoio à inovação e à reativação das indústrias criativas e culturais.

Voltar

Receba nossas novidades por email