Democratas – Mandetta: ‘Teremos em torno de 20 semanas extremamente duras’

Mandetta: ‘Teremos em torno de 20 semanas extremamente duras’

ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, afirmou hoje, 17, durante uma coletiva de imprensa realizada que “teremos 20 semanas duras pela frente”. Ele disse ainda que a pasta  mandou instalar cerca de 200 leitos em Centro de Terapia Intensiva (CTI) e está procurando aumentar a capacidade no Brasil para atender casos do Novo Coronavírus.
“Teremos em torno de 20 semanas a partir do surto que serão extremamente duras para as pessoas. Cuidem dos idosos. Crianças são assintomáticas e não desenolvem uma coriza. Pedir para que os avós não os beije e não dê colo é duro. O momento agora é de proteger. Quanto menos idosos, menos leitos de CTI precisarão ser utilizados”, disse Mandetta
De acordo com o ministro, foram 80  no Estado de São Paulo, 40 no Rio de Janeiro, 30 no Rio Grande do Sul e 50 em Minas Gerais. Para Mandetta, “o Brasil tem um sistema de Saúde minimamente consolidado em cidades de grande porte”.
Segundo o ministro, cerca de 80% das pessoas infectadas pelo vírus não irão precisar de “absolutamente nada a não ser um antitérmico”. Do restante, o Ministério da Saúde calcula que de 14% a 15% precisarão de internação hospitalar e que, destes, de 4% a 5% precisarão de leito de CTI.
Mandetta ainda disse que as “cirurgias eletivas precisam ser suspendidas”. O ministro fez um pedido para que hospitais particulares permitam home care para que haja a liberação de leitos para casos que não sejam absolutamente necessários. O ministro comunicou que os pacientes crônicos devam ter receitas de medicamentos para cobrir um período de pelo menos seis meses, a fim de que permaneçam em casa.
*Com informações de agências.
Voltar

Receba nossas novidades por email